Início

Cãotinho do Labrador Retriever

Um espaço de todos e para todos

Olfacto e Paladar

O cão tem menos papilas gustativas do que o homem. Apesar de o seu número reduzido de papilas registar muitos paladares, é mais certo pensar que para um cão apenas existem paladares agradáveis, indiferentes e desagradáveis.
O olfacto é o sentido mais avançado do cão, dado que grande parte do cérebro do animal se dedica a interpretar odores. O faro de alguns cães é tão apurado que conseguem detectar odores diluídos a um milésimo da concentração que o homem pode detectar. O cão tem um nervo vómero-nasal sexual no céu -da-boca; este órgão olfactivo transmite informações directamente ao sistema límbico - a parte do cérebro mais intimamente ligada ao comportamento emocional.
As papilas gustativas na língua do cão são sensíveisa sabores doces, amargos, ácidos e salgados. O cão tem um olfacto bem desenvolvido - a humidade do nariz ajuda a captar odores, depois transmitidos ao revestimento das membranas nasais onde há células sensoriais. Estas convertem os odores em mensagens químicas depois transmitidas aos bolbos olfactivos do cérebro.
 
Sabia que...
- os cães usam o olfacto como importante ferramenta de comunicação, descobrindo diversos tipos de informações através de uma análise cuidada aos odores corporais uns dos outros.

Autor

Autor: 
Toda a Informação aqui contida foi retirada do "Manual Completo CÃO" do Dr. Bruce Fogle.

Relacionados