Início

Cãotinho do Labrador Retriever

Um espaço de todos e para todos

Respiração e Circulação

O sangue alimenta o corpo sob a forma de oxigénio e nutrientes. Se um cão se exercita bastante, necessita de muito oxigénio. Para isso, os sistemas respiratório e circulatório reagem automaticamente, aumentando o fluxo sanguíneo através do coração e dos pulmões. Apesar de o abastecimento de sangue ao cérebro permanecer constante, o sangue que vai para o músculo cardíaco quadruplica e o que vai para os músculos do corpo aumenta vinte vezes. Se necessário, até 90% do sangue bombeado pelo coração pode ser desviado para os músculos, dando ao cão mais resistência. Ao mesmo tempo, o fluxo sanguíneo para outras partes do corpo diminui.

 
Circulação sanguínea
O coração bombeia sangue pelo corpo através de uma rede de vasos sanguíneos. A pressão varia neste sistema - é mais elevada nos vasos sanguíneos que saem do coração e menos elevada nos que vão para o coração. Os vasos sanguíneos que retiram o sangue do coração (artérias) têm paredes resistentes e elásticas que aguentam a pressão mais elevada e podem expandir-se e contrair-se para alterar o fluxo. Os que trazem o sangue de volta ao coração (veias) têm paredes mais finas e contêm válvulas; estas permitem ao sangue fluir apenas numa direcção, assegurando a circulação do sangue para o coração. 
Os músculos das paredes das artérias mais pequenas - arteríolas - podem contrair-se e relaxar sob o controlo dos sistemas nervoso e hormonal. Isto permite ao corpo variar a quantidade de sangue que passa por estes vasos e redireccioná-Io para onde é mais necessário. Qualquer aumento na actividade muscular, e o correspondente aumento de produtos químicos, faz com que as arteríolas locais dilatem, aumentando o fluxo sanguíneo que passa por esse vaso até 256 vezes, levando o sangue rapidamente até à área que dele necessita. 
Na ponta das artérias e das arteríolas há minúsculos capilares - vasos sanguíneos de paredes finas que alimentam todas as partes do corpo. Aqui, o oxigénio, os nutrientes e os produtos químicos são trocados por difusão através das paredes capilares.
 
Troca de gases
Os pulmões são uma rede de tubos que conduzem a aglomerados de alvéolos semelhantes a minúsculos balões que podem ser cheios de ar. Quando o cão inspira, o ar entra pelo nariz, passa pela traqueia e enche os pulmões. 
O oxigénio difunde-se, através das paredes dos alvéolos, na corrente sanguínea, onde é absorvido pelos glóbulos vermelhos e transportado através do corpo para ser utilizado. O dióxido de carbono passa na direcção oposta e é expelido.

Autor

Autor: 
Toda a Informação aqui contida foi retirada do "Manual Completo CÃO" do Dr. Bruce Fogle.

Relacionados