Início

Cãotinho do Labrador Retriever

Um espaço de todos e para todos

Grupo 8

É o grupo das raças de cobro que inclui quase exclusivamente raças inglesas.

Secção 1 - Cães Cobradores
O Labrador Retriever foi por nós escolhido para representar esta secção. A sua origem remonta à, Ilha da Terranova onde os antepassados da raça eram utilizados pela marinha mercante para ir recuperar mercadorias e para levar o cabos até aos pontais dos portos. Estes cães foram submetidos a uma criação selectiva para poderem melhorar as suas qualidades cinegéticas, sobretudo as relacionadas com o cobro e a recuperação da caça. Foi apenas reconhecida pelo Kennel Club em 1904. Com um carácter bondoso e obediente, reconhece-se a sua facilidade no adestramento. Uma outra raça muito conhecida é o Golden Retriever, embora haja pouco consenso sobre o seu desenvolvimento, a raça terá surgido do cruzamento de outras raças, do Tweed Water
SpanieL do Newfondland pequeno, do Setter Irlandês e dos Spaniels de Agua. É uma raça que impressiona com a sua simpatia e a habilidade para a caça, uma forte razão que fez com que a sua popularidade nunca tivesse decaído.

Secção 2 - Cães Levantadores de Caça
O mais conhecido é o Cocker Spaniel. É possivelmente o mais pequeno deste grupo e um dos mais populares e que muitas pessoas optaram por ter como animal de companhia.
A raça descende do Cocker Inglês que foi levado para os Estados Unidos pelos emigrantes ingleses. Também muito famoso é o Springer Spaniel Inglês, que foi criado em Inglaterra com o propósito de levantar as presas para o seu dono. E um verdadeiro desportista que gosta bastante das actividades ao ar livre.

Secção 3 - Cães de Água
Destacamos o nosso Cão de Agua, uma raça europeia muito antiga que começa cada vez mais a ganhar novos adeptos. Há muitos poucos dados sobre a origem do cão de água. Num livro sagrado da antiga Pérsia menciona-se a - existência de um cão de água que está - representado em frescos egípcios, sendo possível que tenha chegado à Península ibérica através do Norte de África, aquando da expansão do Islão. Também não se sabe muito sobre a sua história recente. A raça fez a sua aparição na Canicultura em 1939. O seu estalão foi revisto por quatro vezes por questões de pormenor (a última redacção foi em 1976). A relação que estabelece com as pessoas é muito boa, especialmente com as crianças a quem se dedica com muita particularidade. É um animal muito activo, sempre alerta e obediente.

Autor

Autor: 
Toda a informação aqui contida foi retirada do "Anuário Cães & Companhia 2002".