Início

Cãotinho do Labrador Retriever

Um espaço de todos e para todos

Cadelinha de luto volta a sua rotina depois de se despedir de tutor em velório

Apesar de sabermos que todos nós iremos morrer um dia, ainda é difícil aceitar quando uma pessoa querida se vai e sofremos a perda de quem amamos. Porém, nós entendemos que aquela pessoa não nos abandonou e, em muitas ocasiões, temos a oportunidade de nos despedirmos, como no velório.

Sem essa possibilidade de despedida e de entender o que aconteceu, muitos cachorros sofrem bastante com a morte dos seus tutores, principalmente pensando que foram abandonados por seus humanos tão amados.

A morte de Andy Beaulieu por um ataque cardíaco repentino deixou toda a sua família muito triste, incluindo a cadelinha Sadie, de 13 anos de idade. Porém, enquanto todos sabiam o que tinha acontecido, a peluda continuava esperando seu tutor voltar para casa e, com a demora do homem, ela parou de comer e se recusava a dormir sozinha.

Andy levou a cadela para casa quando ela era ainda um filhotinho e os dois eram muito apegados. Sadie acompanhava seu papai humano até no trabalho.

Cadelinha foi levada para velório para poder se despedir de seu amado tutor. (Foto: Reprodução / Elements Cremation, Pre Planning and Burial)

Quando o homem morreu, Sadie estava em casa e ficou todo o tempo perto do tutor. De acordo com Jeremy May, presidente da empresa responsável por fazer planejamentos de velórios, cremações e enterros, antes do corpo de Andy ser levado de casa por uma ambulância, a cadela ainda colocou sua cabeça nas mãos do tutor, como se estivesse tentando fazer o homem lhe dar carinho.

Nos dias entre a morte e o velório do homem, a cadela mostrou que sentia muita falta dele, chegando a perder 5 kg por não se alimentar direito. A esposa de Andy percebeu que, assim como os familiares, Sadie estava de luto e resolveu que a amiga canina de seu marido também merecia se despedir do homem que cuidou dela e lhe deu tanto amor.

A esposa de Andy levou a cadela ao velório e ela foi a última a se despedir do amado tutor. Segundo Jeremy, Sadie se aproximou calmamente, ficou de pé apoiando as patas dianteiras no caixão e olhou para o tutor antes de descer e sair do local. Todos os presentes ficaram bastante emocionados com a cena.

Quando chegou em casa após a despedida, Sadie se alimentou muito bem, como há dias não fazia, e logo voltou para o seu dia a dia normal. Agora ela sabia que seu amado humano não tinha lhe abandonado.

Fonte: People

Data: 
12 de Maio de 2018

Autor

Autor: 
Andrezza Oestreicher